Accessibility informationSkip to the main content
Vista total da imagem
Vista total da imagem
Vista total da imagem
Vista total da imagem
Vista total da imagem
Vista total da imagem
Vista total da imagem
Vista total da imagem
Vista total da imagem
Vista total da imagem

INTRODUÇÃO

Os marcos históricos na incrível viagem da Emirates

Conheça os principais momentos da história da nossa companhia aérea e a forma como crescemos, desde o nosso início modesto até operador reconhecido na aviação global pelos produtos e serviços líderes no setor da aviação.

1984

Nasce a companhia aérea

Em 1984, o Xeque Mohammed bin Rashid Maktoum, na altura Ministro da Defesa dos EAU e membro da família real progressista do Dubai, pediu a Sir Maurice Flanagan, o diretor geral da dnata, que pensasse na hipótese de criar uma companhia aérea. Em Dezembro desse mesmo ano, estava preparado um plano de negócios detalhado e o nome “Emirates” era escolhido para a nova companhia aérea.

1985

Uma missão clara

Em Março de 1985, Maurice Flanagan foi incumbido de cumprir a missão ambiciosa de lançar uma companhia aérea em cinco meses, com um financiamento de 10 milhões de dólares. Foi-lhe dito que a companhia aérea teria de “ter bom aspeto, ser boa e fazer dinheiro”. Não haveria subsídios ou proteção aeropolítica de acordo com a política “open skies” do Dubai.

1985

Primeiros voos do Dubai

A 25 de Outubro de 1985, a Emirates opera os seus primeiros voos do Dubai para Carachi e Bombaim, usando um Boeing 737 e um Airbus 300 B4 alugado à Pakistan International Airlines.

1987

Primeiro avião próprio

A 3 de Julho de 1987, um A6-EKA voou de Toulouse para o Dubai, sendo essa a primeira entrega de um avião propriedade da Emirates, um Airbus A310-304.

0

Primeiros destinos

Nos seus primeiros cinco anos de operações, a Emirates aumentou a sua rede para 14 destinos.

1985- Dubai, Bombaim, Deli, Karachi, 1986- Amã, Colombo, Cairo, Dhaka, 1987- Malé, Londres Frankfurt, Istambul, 1988- Damasco, 1989- Jedá, Kuwait

1992

Definindo novos padrões

A Emirates lidera o entretenimento a bordo, tornando-se na primeira companhia aérea a instalar sistemas de vídeo em todos o lugares, em todas as classes de cabina na sua frota.

1992

Um novo terminal no DXB

Em 1992, o Aeroporto Internacional do Dubai concluiu uma enorme remodelação, e a Emirates passou para um novo terminal de partidas no valor de dois milhões de dólares.

1992

Primeira encomenda de Boeing 777 é destaque nos jornais de todo o mundo

A encomenda da Emirates de sete Boeing 777 com sete opções simbolizou a sua ambição e foi um voto de confiança no setor, que sofria os fortes impactos da primeira Guerra do Golfo.

1993

Pioneiros na conectividade a bordo

A Emirates torna-se na primeira companhia aérea a introduzir as telecomunicações num Airbus - nas três classes de viagem.

1994

Serviços de fax a bordo

A Emirates torna-se na primeira companhia aérea a equipar a sua frota Airbus com equipamentos de fax a bordo para que os passageiros mantenham o contacto, mesmo em viagem.

1998

A Emirates compra 43% de participação na Air Lanka

O Grupo Emirates compra a participação de 43% da Air Lanka (posteriormente denominada SriLankan), e assina um contrato de gestão de 10 anos.

1998

É inaugurado o Terminal 2 no DXB

O novo Terminal 2 é inaugurado no Aeroporto Internacional do Dubai, aumentando a capacidade do aeroporto em dois milhões de passageiros por ano.

1999

O crescimento do Dubai como centro de aviação

As chegadas de passageiros ao Aeroporto Internacional do Dubai alcançou a marca dos 11 milhões. Nesse ano financeiro (1999-2000), a Emirates transportou 4,7 milhões de passageiros na sua frota de 32 aviões.

0

Rotas adicionadas durante a década de 90

Ao virar do milénio, a Emirates tinha adicionado 50 cidades à sua rede global de destinos.

1990- Riade, Teerão, Singapura, Manila, Manchester, 1991- Londres Heathrow, Hong Kong, Beirute, 1992- Paris, Roma, Zurique, Jacarta, 1993- Damã, Mascate, 1994- Nice, Larnaca, Londres Gatwick, 1995- Joanesburgo, Nairobi, 1996- Atenas, Melbourne, Kuala Lumpur, 1997- Dar-es-salaam, 1998- Malta, Peshawar, 1999- Islamabad, Lahore, Munique

2000

Abre o Terminal Sheikh Rashid

É inaugurado o Terminal Sheik Rashid, aumentando a capacidade do Aeroporto Internacional do Dubai para 22 milhões de passageiros por ano.

2000

Primeira companhia aérea a encomendar um Airbus A380

A Emirates torna-se na primeira companhia aérea a encomendar o Airbus A380, encomendando sete aviões com opções de mais cinco, na Farnborough Air Show. O maior avião comercial do mundo torna-se o símbolo da frota da Emirates ao longo das duas décadas seguintes.

2004

Acordo com o Arsenal, no valor de 100 milhões de libras

A Emirates assina um acordo de 100 milhões de libras com o clube da Primeira Liga inglesa, Arsenal, incluindo direitos de nome do seu novo estádio durante 15 anos e patrocínio da camisola durante oito anos, a partir da época de 2006-2007.

Renovado em 2012 e 2018, este é o mais longo patrocínio de camisola de um clube da Primeira Liga, e uma das relações mais duradouras no mundo desportivo.

2005

Maior encomenda de Boeing 777 da história

A Emirates faz história, com uma encomenda de 42 Boeing 777 no valor de 9,7 mil milhões de dólares. Esta foi a maior encomenda de Boeing 777 de sempre. Atualmente, a Emirates é a maior operadora de aviões 777 em todo o mundo.

2008

É inaugurado o Terminal 3 da Emirates no DXB

O Terminal 3 da Emirates assistiu a 500.000 partidas de passageiros das instalações, apenas no primeiro mês de operações.

2007

Emirates Flight Catering

A Emirates Flight Catering inicia as suas operações nas suas novas instalações avaliadas em 120 milhões de dólares no Aeroporto Internacional do Dubai.

0

rotas adicionadas entre 2000 e 2010

Expansão da rede global

2000- Bahrain, Sydney, Entebbe, Milão, Chennai, Birmingham, 2001- Dusseldorf, Hyderabad, 2002- Casablanca, Cartum, Perth, Maurícias, Osaka, Cochim, 2003- Moscovo, Auckland, Brisbane, 2004- Lagos, Accra, Xangai, Glasgow, Viena, Nova Iorque, Christchurch, 2005- Seychelles, Seoul, Thiruvananthapuram, 2006- Abidjan, Hamburgo, Calcutá, Addis Ababa, Pequim, Tunes, Bengaluru, 2007- Veneza, Newcastle, São Paulo, Ahmedabad, Toronto, Houston, 2008- Cidade do Cabo, Guangzhou, Los Angeles, São Francisco, 2009- Durban, Luanda

2010

Dubai World Central – Al Maktoum International

O Aeroporto Internacional Al Maktoum é inaugurado no Dubai World Central e recebe os seus primeiros voos comerciais. A Emirates SkyCargo passa as suas operações de carga para o DWC em 2014.

2012

Parceria Emirates-Qantas

A Emirates e a Qantas assinam uma parceria comercial abrangente para proporcionar aos clientes de ambas as companhias aéreas ligações contínuas à rede australiana e internacional, benefícios exclusivos de passageiro frequente e experiências de viagem de classe mundial. A parceria com 10 anos vai para além dos voos em codeshare, incluindo uma colaboração de rede integrada, com preços, vendas e horários coordenados, assim como um modelo de partilha de benefícios.

2013

O primeiro concourse A380 do mundo

O Concourse A, as primeiras instalações do mundo específicas para o A380, é inaugurado no Aeroporto Internacional do Dubai, alargando a capacidade do aeroporto para 75 milhões de passageiros anualmente.

Albergando a frota de A380 da Emirates, o Concourse A tem lounges da Primeira Classe e Classe Executiva da Emirates, com mais de 19.000 m2, com embarque direto para o deck superior do avião A380.

Most Valuable Airline Brand

2014

Marca mais valiosa em termos de companhias aéreas

A Emirates é nomeada “Marca mais valiosa em termos de companhias aéreas” do mundo, e marca mais valiosa no Médio Oriente pela Brand Finance, com um valor estimado de 3,7 mil milhões de dólares.

2016

Emirates nomeada melhor companhia aérea do mundo

A Emirates foi nomeada Melhor Companhia Aérea do Mundo e recebe, pela 12ª vez consecutiva, o prémio de Melhor Entretenimento a Bordo dos Skytrax World Airline Awards 2016.

2017

Parceria com a flydubai

A Emirates e a flydubai anunciam uma parceria estratégica, incluindo um acordo codeshare abrangente, alinhamento de horários e otimização das redes.

2017

Apresentamos o “game changer”

A Emirates lança a primeira suíte privada totalmente fechada no mundo, na Primeira Classe, com um luxo e privacidade incomparáveis. Esta inovação, com toques de design inspirados pela Mercedes Benz, foi apresentada numa campanha global interpretada pela celebridade televisiva e especialista em desporto automóvel, Jeremy Clarkson.

2019

Uma encomenda de 30 aviões Boeing 787-9

A Emirates compra 30 aviões Boeing 787-9, avaliados em 8,8 mil milhões de USD a preços de tabela no Dubai Airshow. Estes aviões vêm juntar-se à sua compra de Airbus A350, no valor de 16 mil milhões de USD, elevando o total de compras da Emirates no Dubai Airshow para 24,8 mil milhões de USD.

2019

Um voo que estabelece um novo recorde mundial

Mais de 540 voluntários de 145 nacionalidades diferentes estão a bordo do voo Emirates EK2019, a fim de conseguirem o novo Recorde Mundial do Guinness do maior número de nacionalidades num avião. Este voo histórico num A380 realizou-se no âmbito da celebração do Dia Nacional dos EAU e do Ano da Tolerância dos EAU e demonstra assim a diversidade e união dos cidadãos e residentes dos EAU.

0

rotas adicionadas entre 2010 e 2019

Ligamos o mundo ao Dubai e através do Dubai

2010- Tóquio-Narita, Amesterdão, Praga, Madrid, Dakar, Medina, 2011- Basra, Genebra, Copenhaga, São Petersburgo, Bagdade, 2012- Rio de Janeiro, Buenos Aires, Dublin, Lusaka, Harare, Dallas Fort Worth, Seattle, Ho Chi Minh, Barcelona, Lisboa, Washington DC, Adelaide, Lyon, Phuket, 2013- Varsóvia, Argel, Tóquio-Haneda, Estocolmo, Clark, Conakry, Sialkot, Cabul, 2014- Taipei, Boston, Abuja, Chicago, Oslo, Bruxelas, Budapeste, 2015- Bali, Orlando, Bolonha, Istambul via Aeroporto Sabiha Gokcen, 2016- Cebu, Hanói, Rangum, Fort Lauderdale, 2017- Newark, Zagreb, Phnom Penh, 2018- Londres Stansted, Santiago do Chile, Edimburgo, 2019- Porto, Cidade do México (a partir de 9 de Dezembro)