Informações de acessibilidadePular para o conteúdo principal
Imagem em exibição completa
Imagem em exibição completa
Imagem em exibição completa
Imagem em exibição completa
Imagem em exibição completa
Imagem em exibição completa
Imagem em exibição completa
Imagem em exibição completa
Imagem em exibição completa
Imagem em exibição completa

INTRODUÇÃO

Os marcos na incrível jornada da Emirates

Reveja os principais momentos da história de nossa companhia aérea e como evoluímos de um início modesto para nos tornarmos uma empresa global do setor de aviação, reconhecida por seus produtos e serviços líderes do setor.

1984

Nasce uma companhia aérea

Em 1984, o Sheikh Mohammed bin Rashid al Maktoum, Ministro da Defesa dos EAU à época e membro da família real progressiva de Dubai, pediu a Sir Maurice Flanagan, o então diretor administrativo da dnata, que avaliasse a possibilidade de lançar uma companhia aérea. Por volta de dezembro daquele ano, um amplo plano de negócios estava totalmente pronto, e o nome “Emirates” foi escolhido para a nova companhia aérea.

1985

Uma missão bastante clara

Em março de 1985, Maurice Flanagan foi incumbido da ambiciosa missão de lançar uma companhia aérea no prazo de cinco meses com USD 10 milhões de recursos financeiros iniciais. A ordem dada lhe dizia para ciar uma companhia aérea “vistosa, boa e capaz de gerar dinheiro”. Não haveria subsídios ou proteção aeropolítica conforme determinado pela política de Céus Abertos de Dubai.

1985

Primeiros voos partindo de Dubai

Em 25 de outubro de 1985, a Emirates operava seus voos de Dubai a Karachi e Mumbai utilizando um Boeing 737 e um Airbus 300 B4 arrendado com tripulação da Pakistan International Airlines.

1987

Primeira aeronave comprada

Em 3 de julho de 1987, o A6-EKA voou de Toulouse para Dubai quando a Emirates recebe a entrega de sua primeira aeronave comprada, um Airbus A310-304.

0

Primeiros destinos

Nos seus cinco primeiros anos de operações, a Emirates expandiu sua rede para 14 destinos

1985- Dubai, Mumbai, Déli, Karachi, 1986- Amã, Colombo, Cairo, Dhaka, 1987- Male, Frankfurt, Istambul, 1988- Damasco, 1989- Jeddah, Kuwait

1992

Definindo um novo padrão

A Emirates é pioneira no lançamento de entretenimento a bordo e se torna a primeira companhia aérea a instalar sistemas de vídeo em todos os assentos e em todas as classes de cabine da sua frota inteira.

1992

Um novo terminal no DXB

Em 1992, o Aeroporto Internacional de Dubai passou por uma importante reforma, e a Emirates se transferiu para um novo terminal de partidas que lhe custou USD 2 milhões.

1992

O primeiro pedido de 777 entra para as manchetes do mundo

O pedido da Emirates de sete Boeings 777 com sete opções assinalou as ambições da empresa e representou um voto de confiança da indústria, tão duramente atingida pela primeira Guerra do Golfo.

1993

Pioneirismo na conectividade a bordo

A Emirates se torna a primeira companhia aérea a introduzir telecomunicações em um Airbus - em todas as três classes.

1994

Serviços de fax nos céus

A Emirates se torna a primeira companhia aérea a equipar sua frota de Airbus com recursos de fax a bordo para manter seus clientes conectados durante o voo.

1998

A Emirates adquire 43% da participação na Air Lanka

O Grupo Emirates adquire 43% da participação na Air Lanka (rebatizada posteriormente para SriLankan) e firma um contrato de gerenciamento de dez anos.

1998

Abertura do Terminal 2 no DXB

O novo Terminal 2 é aberto no Aeroporto Internacional de Dubai, ampliando sua capacidade em dois milhões de passageiros por ano.

1999

Dubai cresce como centro da aviação

Os desembarques de passageiros no Aeroporto Internacional de Dubai atingem a marca de 11 milhões. Naquele exercício financeiro (1999-2000), a Emirates transportou 4,7 milhões de passageiros em sua frota de 32 aviões.

0

Rotas acrescentadas durante a década de 1990

Na virada do milênio, a Emirates havia expandido sua rede global para 50 cidades de destino

1990- Riade, Teerã, Singapura, Manila, Manchester, 1991- Londres Heathrow, Hong Kong, Beirute, 1992- Paris, Roma, Zurique, Jacarta, 1993- Dammam, Mascate, 1994- Nice, Larnaca, Londres Gatwick, 1995- Joanesburgo, Nairóbi, 1996- Atenas, Melbourne, Kuala Lumpur, 1997- Dar-es-salaam, 1998- Malta, Peshawar, 1999- Islamabad, Lahore, Munique

2000

Abertura do Terminal Sheikh Rashid

O Terminal Sheikh Rashid é aberto, aumentando a capacidade no Aeroporto Internacional de Dubai para 22 milhões de passageiros ao ano.

2000

Primeira companhia aérea a aderir ao Airbus A380

A Emirates se torna a primeira companhia aérea a aderir ao Airbus A380 fazendo o pedido de sete, com opção de mais cinco, no Show Aéreo de Farnborough. A maior aeronave comercial do mundo se tonará o carro-chefe da frota da Emirates nas duas décadas seguintes.

2004

A negociação de GBP 100 milhões com o Arsenal

A Emirates assina um contrato de GBP 100 milhões com o clube Arsenal, da Premier League inglesa, incluindo direitos de nome no seu novo estádio por 15 anos e patrocínio na camisa por oito anos, começando na temporada 2006/07.

Renovado em 2012 e 2018, este é o mais longo patrocínio de camisa em vigor na Premier League e uma das mais longas relações do esporte mundial.

2005

O maior pedido de Boeing 777 da história

A Emirates faz história com um pedido de 42 Boeings 777 em uma transação de USD 9,7 bilhões. Esse foi o maior pedido de Boeings 777 já feito à época. Hoje, a Emirates é a maior operadora de aviões 777 do mundo.

2008

Abertura do Terminal 3 da Emirates no DXB

O Terminal 3, exclusivo da Emirates, registra a partida de 500.000 passageiros em suas instalações no primeiro mês de operação.

2007

Serviço de Bordo Emirates

A Emirates Flight Catering começa as operações na sua nova instalação de 120 milhões de dólares no Aeroporto Internacional de Dubai.

0

rotas acrescentadas de 2000 a 2010

Expandindo a rede global

2000- Bahrain, Sydney, Entebbe, Milão, Chennai, Birmingham, 2001- Dusseldorf, Hyderabad, 2002- Casablanca, Khartoum, Perth, Maurício, Osaka, Kochi, 2003- Moscou, Auckland, Brisbane, 2004- Lagos, Accra, Xangai, Glasgow, Viena, Nova York, Christchurch, 2005- Seychelles, Seul, Thiruvananthapuram, 2006- Abidjan, Hamburgo, Calcutá, Addis Ababa, Pequim, Tunis, Bengaluru, 2007- Veneza, Newcastle, São Paulo, Ahmedabad, Toronto, Houston, 2008- Cidade do Cabo, Guangzhou, Los Angeles, São Francisco, 2009- Durban, Luanda

2010

World Central de Dubai – Al Maktoum International

O Aeroporto Internacional de Al Maktoum é inaugurado no Dubai World Central e recebe seus primeiros voos comerciais. A Emirates SkyCargo transfere as operações de cargueiros para o DWC em 2014.

2012

Parceria Emirates-Qantas

Emirates e Qantas firmam uma ampla parceria comercial visando oferecer aos clientes de ambas as companhias aéreas conexões sem dificuldades com a rede australiana e internacional, benefícios exclusivos em um programa de fidelidade e as melhores experiências de viagem do mundo. A parceria de dez anos vai além do compartilhamento de código e inclui uma colaboração de rede integrada com preços, vendas e reservas coordenadas, bem como os benefícios do modelo de compartilhamento.

2013

Primeiro terminal do mundo para o A380

O Saguão A, a primeira instalação do mundo construída exclusivamente para o A380, é inaugurado no Aeroporto Internacional de Dubai, ampliando a capacidade do aeroporto para 75 milhões de passageiros por ano.

Lar da frota de A380 da Emirates, o Saguão A inclui lounges especiais da Classe Executiva e da Primeira Classe distribuídos por uma área de mais 19.000 m2, com embarque direto no andar superior do A380.

Most Valuable Airline Brand

2014

Marca de companhia aérea mais valiosa

A Emirates é denominada a “Marca de companhia aérea mais valiosa” do mundo e a marca mais valiosa do Oriente Médio pela Brand Finance, com um valor estimando em USD 3,7 bilhões.

2016

Emirates indicada melhor companhia aérea do mundo

A Emirates foi nomeada a Melhor Companhia Aérea do Mundo e recebeu o décimo segundo prêmio consecutivo pelo melhor Entretenimento a bordo no Skytrax World Airline Awards 2016.

2017

parceria flydubai

A Emirates e a flydubai anunciam uma nova parceria estratégica, incluindo um acordo expansivo de compartilhamento de código, alinhamento de agenda e otimização de rede.

2017

Apresentando o “divisor de águas”

A Emirates lança as primeiras suítes totalmente Privativas da Primeira Classe, com luxo e privacidade inigualáveis. Este divisor de águas, com toques criativos inspirados pela Mercedes Benz, foi apresentado em uma campanha publicitária mundial com a participação de Jeremy Clarkson, celebridade da TV e especialista em automobilismo.

2019

Um pedido de 30 Boeings 787-9

A Emirates compra 30 Boeings 787-9 no valor de USD 8,8 bilhões aos preços de tabela no Dubai Airshow. Essa aquisição incrementa o seu pedido de USD 16 bilhões em Airbus A350, totalizando USD 24,8 bilhões em pedidos de aeronaves feitos no Dubai Airshow.

2019

Um voo para quebrar o recorde mundial

Mais de 540 passageiros voluntários de 145 nacionalidades embarcam no voo EK2019 da Emirates, quebrando o Recorde Mundial do Guinness de maior número de nações em uma aeronave. O histórico voo do A380 assinala o Dia Nacional dos EAU e o Ano da Tolerância dos EAU, representando a diversidade e a unidade do cidadão e dos residentes dos EAU.

0

rotas acrescentadas de 2010 a 2019

Conectando o mundo a Dubai e por meio dela

2010- Tóquio-Narita, Amsterdã, Praga, Madri, Dakar, Medina, 2011- Basra, Genebra, Copenhague, São Petersburgo, Bagdá, 2012- Rio de Janeiro, Buenos Aires, Dublin, Lusaka, Harare, Dallas-Fort Worth, Seattle, Ho Chi Minh, Barcelona, Lisboa, Washington DC, Adelaide, Lyon, Phuket, 2013- Varsóvia, Argélia, Tóquio-Haneda, Estocolmo, Clark, Conakry, Sialkot, Kabul, 2014- Taipei, Boston, Abuja, Chicago, Oslo, Bruxelas, Budapeste, 2015- Bali, Orlando, Bolonha, Istambul via Aeroporto Sabiha Gokcen, 2016- Cebu, Hanói, Yangon, Fort Lauderdale, 2017- Newark, Zagreb, Phnom Penh, 2018- Londres Stansted, Santiago do Chile, Edimburgo, 2019- Porto, Cidade do México (a partir de 9 de dezembro)