Accessibility informationSkip to the main content

Sustentabilidade alimentar

Servimos mais de 110 milhões de refeições na nossa rede todos os anos. Sempre que possível, adquirimos os nossos ingredientes localmente, nos destinos para onde voamos. Isso significa que dispomos dos ingredientes mais frescos para confecionar as nossas refeições regionais autênticas, apoiando em simultâneo a economia local e reduzindo os custos ambientais do transporte. Para além de procurarmos ingredientes de qualidade, procuramos fornecedores que implementam práticas ecológicas. Tem aqui algumas das suas histórias, bem como algumas das nossas outras iniciativas no domínio da sustentabilidade alimentar.
Redução do desperdício alimentar
O desperdício alimentar tem um enorme impacto nas pessoas, nas economias e no ambiente. Na tentativa de diminuir o nosso desperdício alimentar, estamos a utilizar tecnologia para verificar o que o nossos clientes pedem a bordo. Isto dá-nos dados sobre a satisfação e o consumo. Utilizamos esses dados e a mais recente tecnologia de IA para prever os pedidos, para otimizarmos a quantidade e o tipo de alimentos que transportamos a bordo. Desta forma, podemos reduzir o nosso desperdício alimentar até 30 a 40%, sem fazermos cedências em termos de escolhas. À medida que a tecnologia melhora, temos o objetivo de reduzir o desperdício alimentar entre 60 a 70%.
Exploração agrícola vertical EKFC
A Emirates Flight Catering (EKFC) está a construir uma exploração agrícola vertical sustentável no Dubai. Trata-se de uma exploração agrícola coberta, que produz vegetais em colunas verticais, ocupando menos terreno e permitindo que sejam produzidos alimentos em todos os ambientes. Prevê-se que a exploração agrícola, com uma extensão de 12.000 m² (130.000 pés), irá utilizar menos 99% de água do que a agricultura em campo aberto, mas ainda assim conseguirá produzir o mesmo que uma exploração agrícola de 360 hectares. A EKFC pretende produzir 2.700 kg de verduras todos os dias, sem utilizar herbicidas e pesticidas, para abastecer os nossos voos e lounges, bem como os seus restantes clientes.
Azeite do Monte Vibiano

Servimos o melhor azeite extra virgem do Monte Vibiano nos nossos voos, desde o ano 2000. As azeitonas crescem nas colinas da região de Umbria, no centro da Itália.

Em 2009, a Castello Monte Vibiano Vecchio Cantina tornou-se na primeira exploração vitícola e de produção de azeite em Itália, e numa das primeiras do mundo, a atingir zero emissões de gases com efeito de estufa, de acordo com a norma internacional ISO 14064. Isto foi conseguido utilizando exclusivamente métodos ecológicos – e não mediante a compra de créditos de carbono.

Gate Gourmet Japan
Trabalhamos com várias empresas de catering de todo o mundo para fornecer as nossas refeições. Para as nossas refeições japonesas autênticas, trabalhamos com a Gate Gourmet Japan, que disponibiliza produtos “da quinta para a mesa”. Abastece-se de legumes frescos junto de explorações agrícolas locais, como a Quinta de Legumes Hokuso, situadas a menos de um quilómetro de distância das suas instalações, reduzindo a poluição causada pelo transporte.
Vinho da Maison Louis Latour

Desenvolvemos relações com alguns dos melhores produtores vitícolas do mundo, para oferecer vinhos e champanhes exclusivos a bordo. Entre eles conta-se a Maison Louis Latour, cujos vinhedos se estendem por 50 hectares e incluem a maior coleção de vinhedos Grand Cru na região da Borgonha.

Este produtor utiliza métodos biológicos e sustentáveis para produzir o seu vinho. Juntamente com outros produtores vitícolas na colina de Corton, está a combater os efeitos da erosão e drenagem do solo, e a replantar árvores e sebes para reforçar o ecossistema e preservar a autenticidade da paisagem.

Chá Dilmah
É com orgulho que trabalhamos em parceria com a Dilmah desde 1992. Servimos mais de 10 variedades do seu chá, incluindo o nosso Emirates Signature Tea, criado pela Dilmah exclusivamente para a Primeira Classe. A Dilmah tem como objetivo produzir chá de alta qualidade, ao mesmo tempo que apoia comunidades e protege o ambiente. Em 2017, a Dilmah atingiu a neutralidade em termos de carbono, graças aos seus esforços para reduzir e compensar as suas emissões de CO2. Desenvolve várias iniciativas de sustentabilidade para atingir este objetivo, incluindo a utilização de biochar em todas as suas propriedades, a instalação de duas centrais de energia solar na sede da Dilmah em Peliyagoda, no Sri Lanka, e a instalação de duas centrais hidroelétricas em duas das suas propriedades.
Amarula Fruit Cream
Este licor de creme de fruta é o único que utiliza fruta marula verdadeira, colhida das árvores de marula que crescem de forma natural e selvagem em África. Este licor único é amadurecido durante dois anos em barris de carvalho franceses antigos e é combinado exclusivamente com ingredientes Africanos genuínos. A empresa também apoia projetos de conservação de elefantes, bem como o desenvolvimento de competências ao nível do ecoturismo, através do Amarula Trust.

Sustentabilidade dos produtos

Estamos a tornar a sustentabilidade numa parte central dos nossos negócios e isso inclui os nossos produtos a bordo. Procuramos fornecedores que têm uma abordagem ecológica ao design dos seus produtos e estamos a encontrar alternativas aos plásticos de utilização única. Esteja atento à medida que acrescentamos novas iniciativas.
Mantas da Classe Económica
As nossas mantas da Classe Económica são produzidas a partir de 28 garrafas de plástico de 300 ml recicladas. Estas são transformadas num fio fino, utilizado para produzir uma manta quente, que transmite uma sensação semelhante ao velo suave.
Produtos Voya
Encontrará os produtos de cuidado da pele Voya no nosso Chuveiro Spa do A380, bem como nos nossos lounges de Primeira Classe e Classe Executiva no Dubai. A gama foi criada exclusivamente para nós, utilizando algas marinhas de produção biológica sustentável, colhidas à mão em Sligo, na Irlanda. A gama inclui cremes para as mãos e o corpo, champô, condicionador, gel de banho e gel para lavar as mãos. VOYA tem o cuidado de utilizar apenas práticas sustentáveis e conservadoras na colheita das algas marinhas, para evitar danificar o litoral do Condado de Sligo.