Qual país e idioma do emirates.com você quer visitar Brazil (Portuguese) ou United States (English)Ver todos os países e idiomas.
[ Português ]English
Saltar para conteúdo principal

Voos para Pequim : Guia

Voos para Pequim

Reserve seus voos para Pequim com a Emirates

Voos para Pequim, China

Sobre Pequim

Uma das quatro grandes capitais antigas da China, as origens de Pequim remontam a mais de 3.000 anos. Pequim está localizada no norte do país, e seu nome significa, de fato, ‘capital setentrional’. A cidade tem papel vital na China desde que o Imperador Qin uniu a China em 221 A.C., e foi a capital das dinastias Liao, Jin, Yuan, Ming e Qing que dominaram a China por 1.000 anos, até o século XX.

A dinastia Qing terminou em 1911 por causa da revolução Xinhai, um movimento pela república chinesa. Em 1916, o novo imperador, Yuan Shikai, morreu e Pequim ficou sob o controle de chefes militares regionais. As residências reais foram saqueadas e queimadas, e o país degenerou para uma sociedade semi-feudal. Foram mais de três décadas para a China recuperar, e em 1º de outubro de 1949, o líder do Partido Comunista, presidente Mao Tsetung, anunciou a criação da República Popular da China.

A Pequim moderna abriga 17 milhões de habitantes e é parte fundamental da prosperidade da China. Pequim é um ótimo ponto de partida para explorar este país vasto e populoso, e a metrópole litorânea de Xangai fica a apenas 1.000 km ao sul.

Voos para Pequim, China

Atrações

Pequim foi descrita como ‘um portal entre séculos’. Cada dinastia deixou sua marca na cidade, desde os edifícios ornados da China Imperial e a arquitetura quadrada da era sino-soviética de 1950 até a década de 1970 até a proliferação dos arranha-céus no século XXI.

A China Imperial é o lugar mais atraente para começar, nos palácios imperiais do século XV da Cidade Proibida. Os pátios interligados da Cidade Proibida compõem o enorme centro da antiga cidade murada de Pequim. O lugar foi declarado Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO, em 1987, e é a maior coleção do mundo de estruturas antigas preservadas de madeira.

Fora do centro de Pequim fica o Palácio de Verão, outro Patrimônio Mundial da Humanidade tombado pela UNESCO, e refúgio de verão dos imperadores da dinastia Qing. Igualmente imponente no inverno, sua coleção de palácios, jardins projetados, colinas suaves, pavilhões, templos e pontes combinam-se para criar um ambiente harmonioso, de tirar o fôlego.

A arquitetura da década de 1950 foi bem aproveitada no distrito das artes em Dashanzi, também conhecido como Factory 798. Essa comunidade próspera está instalada em fábricas militares desativadas, em estilo Bauhaus, onde galerias de arte, estilistas, fotógrafos e escritores expõem seus trabalhos a inúmeros visitantes.

A arquitetura chinesa moderna é melhor exemplificada pelo Estádio Nacional de Pequim, que atrai até 30.000 visitantes por dia. Construído para as Olimpíadas de Pequim de 2008, é mais conhecido como o Ninho do Pássaro por causa da miríade de vigas de aço entrelaçadas no seu exterior.

Restaurantes e vida noturna

A maior Chinatown do mundo, Pequim é o destino máximo para experimentar a culinária chinesa. A comida de rua é abundante e deliciosa: experimente os ‘baozi’, pequenos bolinhos cozidos a vapor, pato à Pequim ou massas frias com pepino, tofu e sementes de gergelim. Contudo, apenas quem tem o estômago forte consegue experimentar os escorpiões assados.

Vá à famosa rua iluminada por lampiões, Guijie Street, para experimentar um cozido; esse fondue asiático é um caldo cozido em fogo brando em que os hóspedes cozinham sua própria comida. Ou experimente o pato à Pequim em Chao Yang Park – clichê, mas delicioso e uma experiência completa.

A vida noturna em Pequim é divertida e vibrante, e os bares e clubes em San Li Tun e Hou Hai ficam abertos até o dia seguinte que o visitante ficará contente com a cultura de comida 24 horas de Pequim.

Voos para Pequim, China

Além de Pequim

A Grande Muralha da China, Patrimônio Mundial da Humanidade tombado pela UNESCO e uma das Sete Maravilhas do Mundo, abrange dimensões tão vastas que não se compara a nada mais. Estende-se por 16.090 km de leste a oeste na China, e pode ser vista do espaço. O lugar mais próximo para visitar é Badaling, a apenas 75 km ao norte de Pequim. Contudo, vale a pena viajar mais 45 km até a seção Simatai, do século XIV, em Gubeikou: é menos procurada pelos turistas, e a muralha está em condições muito melhores. Essa seção tem 5,4 km de extensão, com 35 observatórios que serpenteiam ao longo das cadeias de montanhas e é um lugar realmente notável para caminhar, visitar e explorar.

 Partida
 Retorno