Qual país e idioma emirates.com você gostaria de visitarBrazil (Portuguese) ou United States (English)Ver todos os países e idiomas.
[ Português ]English
Saltar para conteúdo principal

Nossos projetos de preservação


Nos bastidores de três dos nossos projetos turísticos de preservação

Esses projetos agora abrangem os Emirados Árabes Unidos, a Austrália e, em breve, as Ilhas Seychelles.

Dubai

Tudo começou com o Dubai Desert Conservation Reserve (DDCR). Junto com o Governo de Dubai, a Emirates projetou essa reserva que agora é um dos maiores parques ambientais em nosso país.Foi a primeira área de preservação dos Emirados Árabes Unidos oficialmente protegida por uma constituição e por uma lei ambiental exclusiva, garantindo sua operação como Parque Nacional.
 
O DDCR, que também abriga o ecológico Al-Maha Resort & Spa, representa quase 5% da área terrestre total de Dubai (isto equivaleria a uma área de preservação do tamanho da Irlanda do Norte, no Reino Unido). Além de proteger várias espécies ameaçadas de extinção, como o antílope árabe, o DDCR muito contribui para as pesquisas científicas locais e esforços de preservação.

Al Maha Desert Resort & Spa
Al Maha Desert Resort & Spa

100% de toda a renda das visitas ao DCCR é gasta em cuidados pela preservação da vida selvagem. A Emirates contribui patrocinando uma equipe de preservação exclusiva formada por oito pessoas.
 
O Al Maha Resort & Spa também é um dos pioneiros em desenvolvimento ambiental no Oriente Médio. A propriedade, que é pequena em relação ao total da reserva, chegou a ter mais de 6.000 árvores nativas plantadas ao redor do resort e da área de preservação.

Austrália

Após cinco anos de planejamento, a Emirates está desenvolvendo o Wolgan Valley Resort & Spa, de 4.000 acres  – um dos primeiros resorts de preservação de luxo da Austrália.

Situado no Wolgan Valley sob escarpas de arenito, este resort, que respeita o meio ambiente, encarrega-se de abrigar uma incrível floresta na área do Greater Blue Mountains World Heritage, no Novo País de Gales. O Wolgan Valley fica a cerca de duas horas e meia de carro de Sydney e o resort tem inauguração prevista para o segundo semestre de 2009.Localizado próximo ao Wollemi National Park e ao Gardens of Stone National Park, proporcionará aos hóspedes um verdadeiro contato com a natureza. A Emirates considera esse projeto um importante meio de ajudar a preservar a exclusiva biodiversidade da Austrália.

Emirates Wolgan Valley Resort & Spa
Emirates Wolgan Valley Resort & Spa

As propriedades que agora são da Emirates Hotels & Resorts eram usadas anteriormente como pasto para o gado. Elas foram tiradas do mercado de ações e serão usadas para a preservação de espécies regionais ameaçadas de extinção e para a renovação da flora e da fauna nativas. Muitas espécies estão desaparecidas da grande área das Blue Mountains. Como a maioria dessas espécies é de pequeno porte, pesando menos de 7kg, elas acabam sendo vítimas dos novos predadores. A pesquisa da Emirates em controle de predadores e proteção dos habitats dessas espécies vai ajudar a preservá-las para as gerações futuras.Aparições recentes incluem morcegos da espécie raposa-voadora vermelha alimentando-se de árvores de eucalipto em floração e, também, um grande número de pombos de asas cor-de-bronze e da espécie wonga. Também foram registradas aparições noturnas de pássaros melífagos e de gatos marsupiais de manchas brancas na trilha de árvores ao longo do Carne Creek. Essas espécies (fotografada) estão em risco, não apenas por causa das raposas e gatos selvagens, mas também por maus tratos. Este ano houve um aumento no número de papagaios de dorso vermelho, rosela oriental, entre outros. Com mais papagaios de médio porte disponíveis, o falcão peregrino terá mais comida para seus filhotes.

A Emirates já plantou milhares de árvores e arbustos nativos e está removendo animais selvagens ferozes, além de cultivar novas espécies de plantas.

Ilhas Seychelles

A Emirates também está planejando o Cap Ternay Resort & Spa nas Ilhas Seychelles, que terá grandes iniciativas ambientais, inclusive um santuário marítimo. Juntamente com os projetos Al Maha and Wolgan, o Cap Ternay será abastecido por energia solar suplementar e terá um design próprio para a economia de energia.

Materiais e equipamentos que respeitam o meio ambiente serão usados, bem como produtos biodegradáveis e seguros. O trabalho de reflorestamento será assistido, bem como todo o planejamento do habitat e da proteção das espécies ameaçadas.

O Cap Ternay Resort & Spa oferecerá aos hóspedes a experiência de um dos destinos mais exóticos e deslumbrantes do mundo. Ecologicamente considerado um dos lugares mais puros do planeta, as Ilhas Seychelles são a jóia intocada da coroa do Oceano Índico.

Localizado em uma área protegida na ilha principal, Mahé, este resort é planejado para oferecer uma experiência completa das Ilhas Seychelles, combinando o tradicional feriado na praia ao toque exótico das florestas, fontes, imensas montanhas de granito, além de uma incrível variedade de pássaros e animais selvagens deste santuário do Oceano Índico.

O resort é parte integral da reserva marítima, um santuário da vida selvagem na ilha. O resort não apenas contribui, mas também cria uma reserva de vida selvagem intensamente controlada com o objetivo de preservar não só uma valiosa vida marinha, mas as muitas e incríveis espécies terrestres ameaçadas encontradas nestas ilhas. Gerenciado juntamente com o Departamento do Meio ambiente das Ilhas Seychelles, o Cap Matoopa Reserve and Marine Sanctuary oferece aos hóspedes acesso a uma grande variedade de paisagens, florestas tropicais e a alguns dos lugares mais bonitos da ilha, a poucos passos de distância. Os hóspedes terão a chance de participar ativamente e contribuir com este importante trabalho.

Cap Ternay Resort & Spa
Cap Ternay Resort & Spa

Pense no meio ambiente antes de imprimir.