Qual país e idioma do emirates.com você quer visitar Angola (Portuguese) ou United States (English)Ver todos os países e idiomas.
[ Português ]English
Saltar para conteúdo principal

Depois de chegar

Depois de chegar

Viajar ao exterior pode apresentar alguns riscos para a saúde. Para proteger-se, tome algumas precauções e medidas simples.

Comidas e bebidas segurasMordidas de insetos e de animais
Efeito da diferença de fuso horário (jet lag)Mergulho

Comidas e bebidas seguras

Mesmo alimentos que parecem frescos e têm sabor delicioso podem conter germes. Siga estas diretrizes para garantir o bem-estar longe de casa:

  • Lavar as mãos com sabão e água antes de lidar com alimentos.
  • Verificar se louças e talheres estão limpos.
  • Procurar comer alimentos bem cozidos, que estejam sempre quentes.
  • Alimentos consumidos imediatamente após o cozimento são os mais seguros. Alimentos que ficam expostos depois do cozimento e alimentos de barracas nas ruas têm maior probabilidade de estar contaminados.
  • Consumir apenas bebidas em lata ou garrafa em vez de sucos frescos que podem ter sido diluídos com água da torneira.
  • Não usar gelo em bebidas porque geralmente é feito de água da torneira que pode estar contaminada em alguns locais.
  • Saladas e frutas se lavadas com água da torneira podem estar contaminadas também, Geralmente, é melhor comer apenas alimentos bem cozidos ou descascados.

Mordidas de insetos e de animais

Mordidas de insetos e de animais podem ser doloridas, desencadear reações alérgicas ou infeccionar. Algumas também disseminam doenças como malária e raiva. Para evitar insetos e mordidas de animais quando viajar, obedeça algumas regras simples:

  • Escolha acomodação com telas nas janelas.
  • Use repelentes na pele exposta.
  • Use inseticidas no quarto antes de dormir.
  • Evite atividades ao ar livre entre o pôr-do-sol e o amanhecer.
  • Em regiões onde há escorpiões, cobras, aranhas, etc, verifique os calçados antes de usá-los.
  • Não se aproxime nem brinque com animais.

Efeito da diferença de fuso horário (jet lag)

Quando viajamos a destinos com diferença de vários fusos horários, o atraso entre o novo horário e o relógio circadiano interno do corpo pode resultar numa condição denominada jet lag. Contudo, o corpo consegue restabelecer-se a uma taxa de cerca de um dia para cada fuso horário percorrido A maioria das pessoas tem menos problemas com a viagem na direção oeste (dia mais longo) do que com a viagem na direção leste (dia mais curto). O jet lag pode agravar-se com o sono insuficiente antes da viagem.

Os sinais mais comuns de jet lag são cansaço, dor de cabeça, dificuldade de dormir, problemas com o apetite. Não há cura para o jet lag, mas seus efeitos podem ser reduzidos ao evitar-se o consumo de bebidas cafeinadas no mínimo 4 horas antes de dormir para evitar o sono interrompido.

Para redefinir o relógio biológico quando viajar por vários fusos horários, tente descansar no primeiro dia depois de chegar ao seu destino e fazer o que as pessoas do local estiverem fazendo:

  • Faça uma caminhada ao sol na manhã após a chegada se viajou para o leste, porque a luz do sol ajuda a redefinir o relógio biológico mais rapidamente.
  • Coma nos novos horários de refeição e evite cafeína após as 16h00.
  • Tente dormir nos novos horários e apenas tire cochilos breves durante o dia, se estiver muito cansado.
  • Faça refeições leves e regulares. Além disso, alguns alimentos podem promover sono melhor como carboidratos e leite, ao passo que alimentos ricos em proteína o manterão alerta.
  • É melhor evitar álcool porque, ainda que ele possa promover o sono, pode perturbar os padrões normais de sono ao reduzir o sono REM (movimento rápido dos olhos).

Mergulho

A altitude equivalente da cabine da aeronave é geralmente 6000 a 8000 pés, e isso aumenta o risco de enjoo por descompressão comparado ao nível do mar.

  • Seja generoso com margens de segurança nas tabelas de mergulho.
  • Não mergulhe se não estiver se sentindo bem.
  • Deixe no mínimo 12 horas entre o último mergulho e o voo para casa. Se você mergulhou mais de uma vez por dia, precisará de ainda mais tempo antes de voar para evitar o enjoo por descompressão.